Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
  Notícias sobre Saúde  
     
     
  "Redescoberta" nos anos 70, acupuntura esbarra na falta de evidência  
     
 

A acupuntura funciona ou não? Desde a década de 70, quando a técnica milenar da medicina tradicional chinesa foi "redescoberta" no Ocidente, esse questionamento permeia os meios médicos e acadêmicos e foi tema de inúmeros estudos.

Acupuntura é usada como anestesia em cirurgias no Brasil

Naquele período, o governo chinês divulgou vários vídeos de pessoas fazendo cirurgias, entre elas a cesárea, sob anestesia supostamente realizada por acupuntura. O fato é que, excetuando casos isolados, o uso da técnica em cirurgias não vingou no Ocidente.

A razão é a mesma que envolve a polêmica sobre o uso da acupuntura em outras áreas da medicina: a falta de evidência científica. As mais recentes revisões de estudos sobre os efeitos da técnica no alívio da dor, por exemplo, mostraram que ela tem resultados praticamente iguais aos do placebo-a pessoa confia tanto no tratamento que acaba se curando sozinha.

Uma busca no Medline, a base de dados bibliográficos mais séria da medicina, também mostra que os estudos sobre acupuntura são contraditórios e dependem da tendência pessoal dos pesquisadores.

Ainda que pese a plausibilidade dos argumentos sobre os efeitos benéficos da acupuntura em cirurgias -a produção de analgésicos endógenos-, é preciso mais. Reconhecida pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) há 14 anos, a especialidade carece de pesquisas amparadas pela medicina baseada em evidências, a única de reconhecimento universal.

 
     
     
 

CLÁUDIA COLLUCCI
da Folha de S.Paulo

 
     
   
  Ler mais Notícias sobre Saúde