Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
  Notícias sobre Saúde  
     
     
 

Governo passará a analisar substância cancerígena em refrigerantes

 
     
 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento começará a analisar a presença de benzeno (substância potencialmente cancerígena) em refrigerantes.

Atualmente não há testes oficiais para detectar a substância nas bebidas, tampouco limites estabelecidos na legislação --uma resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de 2007 normatiza apenas os níveis de ácido benzoico (que, junto com o ácido ascórbico, se transforma em benzeno).

O ministério, que registra e fiscaliza os alimentos no país, afirmou que está desenvolvendo em sua rede oficial de laboratórios uma metodologia de análise para detecção da substância em refrigerantes.

A perspectiva é iniciar os trabalhos de validação do processo em 2010, mas ainda não há data para a implantação das análises de forma sistemática. A Anvisa informa que não há previsão de edição de resolução sobre o benzeno.

O Ministério Público Federal está investigando a presença da substância nas bebidas e determinará a realização de um teste para a confirmação dos resultados divulgados pela Pro Teste --Associação Brasileira de Defesa do Consumidor.

Dois dos 24 refrigerantes testados (Sukita Zero e Fanta Laranja Light) pela entidade apresentaram concentrações acima dos limites aceitáveis para serem considerados próprios para consumo.

 
     
     
  MARY PERSIA
da Folha Online
 
     
  Ler mais Notícias sobre Saúde